Ínfimo Devaneio Matrix

No dia 04 de abril, Cássio Amaral realizou o lançamento do seu mais novo livro de poesias.
Sonnen desvela toda a expressividade do poeta em um conjunto de haicais e outros poemas!





Flávio Offer recitando "Ínfimo Devaneio Matrix" de Cássio Amaral


L. Rafael Nolli recitando "O Leão nosso de cada dia" dele próprio para Cássio Amaral


Cássio Amaral apresentando seu mais novo livro de poesias: "Sonnen"
.
.

.


Nuvens Rimbaudianas explodem
cogumelos no mundo Matrix.
Favos de guitarra de Neil Young
curam com o mel do melhor a poluição
audível.
Explosão de corações desvairados.
Um abraço camisa de força,
um beijo grudado,
um dado jogado,
a pílula da realidade,
a pílula do virtual.
O agora futuro que nos engole é o
ano que passa em dois segundos.
O cisco sentado no banco da praça
insiste em ser o poema que permanecerá
por séculos.

****

Comentários

  1. Só tem fera...Grandes amigos de Minas...Grandes camaradas reunidos pela poesia! Parabéns! Rodrigo Poeta.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

SEJAM BEM-VINDOS!
Caríssimos amigos leitores, escritores, poetas e seguidores:

é com grande entusiasmo que lhes recebo em meu espaço. Façam dele um lugar de interação e descobertas, quiçá, aprendizado e trocas de experiências. Todos os comentários e/ou sugestões são bem-vindos. Boa leitura a todos! Apreciem, se refestelem e comentem.

Abraços.
Flávio O. Ferreira

Postagens mais visitadas