(***)

Recebi de forma agradável uma singela homenagem de uma amiga de orkut/msn. Reproduzo aqui o poeminha que essa moça aí da foto escreveu. Valeu Cí, obrigado, viu? beijos.
Cínthia Paiva
Poema Homenagem ao Livro Cata-Ventos, o destino de uma Poesia
e ao Poeta Flávio Otávio Ferreira

Cata ventos e amizade
Cata felicidade
Cata o destino da poesia
Destino da alegria
Que esta ao nosso lado
Como rosas do anonimato
Que se revelam um dia
.
E nesse funeral de sonhos
Nascem outros novos
E brotam no coração
Antes coração medonho
Atormentado por paixão
Hoje é poesia viva
Jaz uma aflição
.
Na morte e ressurreição
Seu coração se refaz
Suas vozes estão mais altas
Como auto proteção
Coração de poeta
Que catam sonhos na imensidão
.
Num aborto de lágrimas
Desliga a música ingrata
Em prol de prazeres eternos
Ainda pensa no amor
Como lareira acesa
Com chamas em brasa, brilhante
Mas hoje não lhe causam dor
.
E num minuto íntimo
Abdica da alma em ruínas
E acabam os dias de angústia
Alma de um andarilho
Que embora ajuizado
Nem sempre segue no trilho
.
E a alma, não é mais frígida
Agora tem calor
Sem se destruir
Não precisando de novo amor
A vida finalmente retoma
Um coração escritor
.
Cate sonhos poeta
Cate mais felicidade
Cate serenidade
Borboleteando, que sua alma
Cate sonhos por aí
O que o amor destrói
O tempo vai reconstruir

Comentários

  1. Flavio,passando para de reencontrar.Bom saber de sua energia poetica(continuas sensivel)bom ter amigos assim,afáveis,delicados.felicidades.Abração.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo12:03 AM

    Simplismente, de longe magnifico e de perto deslumbrante o poema !!!
    COisa linda de se ler .. grande abraço ..

    Cleber Nunes .

    ResponderExcluir

Postar um comentário

SEJAM BEM-VINDOS!
Caríssimos amigos leitores, escritores, poetas e seguidores:

é com grande entusiasmo que lhes recebo em meu espaço. Façam dele um lugar de interação e descobertas, quiçá, aprendizado e trocas de experiências. Todos os comentários e/ou sugestões são bem-vindos. Boa leitura a todos! Apreciem, se refestelem e comentem.

Abraços.
Flávio O. Ferreira

Postagens mais visitadas