Retrato Inacabado

O espelho não dizia mais que verdades maquiadas embora seus olhos devaneassem furtivamente. Já havia horas que sentada ante o espelho observava as marcas que o tempo revela. Não se aborrecia. Queria apenas desvendar os mistérios de sua própria essência. Possuía essência? Sabia unicamente que atravessara anos de sua vida numa lúgubre jornada. Sem pretensões ou vontades que a fizessem superar as indisposições dos dias atuais. Nunca imaginara viver tanto. Olhava para si mesma imaginando um tempo de devaneios. Seus cabelos negros caídos como véu sobre o rosto a esconder um olhar safado de quem ousava a alegria da sensualidade. A silhueta de seu corpo sob a camisola denotando suas curvas e, os seios a avolumarem-se ante a delicadeza de ornamentos que a tornava mulher.
Foi sempre assim. Como quem espera o amado, se assentava ante o espelho e cuidadosamente se preparava num rico ritual. Perfumava-se. Penteava os longos cabelos e se admirava, olhando-se fixamente como se a vida lhe permitisse somente aquele momento. Era vaidosa. Maquiava-se. E vestia seu longo vestido. Quando adentrava os grandes bailes arrancava suspiros de todos os homens da sociedade e causava incomodo nas mulheres. Era extravagante assim como sua beleza impulsiva. Desbancava qualquer mito. Amava como ninguém imaginava. A melhor das amantes.

Comentários

  1. cássio amaral10:19 AM

    Bacana brother,
    Preciso de uma mulher assim. Que se olhe no espelho. Que se maqueie, que seja linda, sobretudo tenha alma.
    Abração.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo4:19 PM

    Nada como um Poeta para invadir a alma feminina....

    Beijos
    FLORZINHA

    ResponderExcluir

Postar um comentário

SEJAM BEM-VINDOS!
Caríssimos amigos leitores, escritores, poetas e seguidores:

é com grande entusiasmo que lhes recebo em meu espaço. Façam dele um lugar de interação e descobertas, quiçá, aprendizado e trocas de experiências. Todos os comentários e/ou sugestões são bem-vindos. Boa leitura a todos! Apreciem, se refestelem e comentem.

Abraços.
Flávio O. Ferreira

Postagens mais visitadas